O que há @qui?

... textos da minha autoria (ou com os créditos devidos se não forem) ... imagens da internet (algumas fotos minhas) ... poesia em prosa (e prosa poética) ... links poéticos (outros não) ... as minhas músicas (também as tuas talvez) ... comentários (ou não) ... eu e o meu narcisismo... somente!

"Bonne Anniversaire"



Entre o meu dia e o teu,
Alguns anos se notarão
A cama foi a mesma,
Mas os lençóis duvido…
Era hábito guardar
Essas e tantas outras cousas
"Para um dia"... um médico, um hospital!

Quem nos arrancou
Do ventre quente de nossa mãe
Também seria a mesma?

Tanta saudade se tem
Do calor de quem nos pôs no mundo,
Mesmo sem essa lembrança
A nossa memória
Não comporta eventos tão remotos
Que cheguem ao nosso nascimento

Tanta saudade se tem
De quem constrói o seu mundo
Longe do seu sangue

Palavras com este sentimento de saudade só poderia ser feito em português pois a palavra é portuguesa, e arriscaria que este sentimento também…

Hoje não é poesia em forma, meu irmão, é poesia em sentimento.

Feliz Aniversário

Onde v@mos?






Tenho em mim lágrimas por nós
Por não saber onde desaguamos
Se neste rio imenso em mim
Se no profundo dentro de ti

Salvam-me as palavras de agir
Fantástica fuga em dó maior
Mas sem amores e desamores
De que falariam os poetas?

Quero


Quero lembrar num futuro próximo
Um passado construído contigo

Quero sentar-me à lareira e ouvir de ti
Histórias com personagens reais

Quero paixão de carne e espírito
Que me mantenha entre a Primavera e o Verão

Quero sentir que os teus braços me envolvem
Enquanto durmo, sonho e também ao acordar

Quero querer-te sempre como ontem e hoje
E a cada dia que passar um pouco mais

Quero falar-te de tudo o que por ti sinto
Sem abrir a boca porque me sabes ler

Quero que me queir@s...

Puder@ eu



Sinto em mim lágrimas
Por não saber por que choro
Tanto sentimento que perdi
Por tanto querer amar

Um mar imenso de sal
Destilado dos meus olhos
Que de tanto quererem dizer
Já nada conseguem falar

Ah pudera eu gritar aos ventos
Bradar para todos os tempos
Esta que aqui está já não chora mais!

Ah soubera eu como o fazer
E não sofreria esta amargura
De quem já não consegue saber
Por quem os olhos choram
Se por mim de já nada poder fazer
Se por quem de mim já se afastou

.....................................

Inútil querer abarcar tudo numa única vida
É pequena para nela caber tudo o que se sente

Deix@...


Deixa-me estar
Quando vires a lua tocar-me
Mas puxa por mim
Se só a minha cabeça estiver por lá

Deixa-me chorar
Quando vires que a noite sobre mim cai
Mas puxa por mim
Se sentires que o meu coração fica lá

Deixa-me ser
Quando pressentires o pó das estrelas
Mas puxa por mim
Se deixares de me perceber por lá

Deixa-me sentir
Quando me tocas com o coração pelas mãos
Mas puxa por mim
Se em algum momento não me sentires aqui

Tic t@c


Tic tac tic tac
Assim fala o meu relógio
E eu esperando por ti

Tic tac tic tac
Assim passam as horas
E eu pensando em ti

Tic tac tic tac
O dia passou lentamente
E só faz sentido contigo … Aqui

Nome de vício


Hoje e desde aquele banco
Tenho um vício com o teu nome

Hoje e em muitos outros dias
Fecho os olhos e sinto o teu s@bor

Hoje e por muito mais tempo
Quero que me queiras
Como eu te vou querendo ... Sempre

@ntunes & V@l




Um blog de palavras que começa apenas com uma foto e um agradecimento... Obrigado por existires @mor...